Expocop: no caminho para se tornar uma grande feira

Evento quer ser referência na área de tecnologia servindo como uma atraente vitrine voltada para o produtor da região.

“Uma coisa é certa: não queremos mais uma feira estática, apenas com exposição de equipamentos e animais”. A frase foi proferida pelo presidente da Sociedade Rural da Região de Cornélio Procópio (SRRCP), José Roberto Höffig Ramos, antes da realização da 13ª Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial da Região de Cornélio Procópio (Expocop 2010), que aconteceu entre os dias 1 e 7 de setembro.

O que era apenas uma intenção se transformou num fato. A exposição mudou seu perfil e os números atestam que a mudança foi para melhor. Mais de 37 mil visitantes circularam pelo Parque de Exposições Arthur Höffig durante os dias da feira.

Além disso, a expectativa de comercialização geral, prevista para um total de R$ 3 milhões, foi superada. Só o setor de leilões arrecadou sozinho R$ 1,982 milhões – ou seja, 30% a mais que a previsão inicial de R$ 1,5 milhão.

“Estamos no caminho certo para fazer da Expocop uma das grandes feiras, com muita diversão para o público e também com eventos técnicos de qualidade para os agropecuaristas”, diz Höffig Ramos.

“Queremos fazer da SRRCP uma entidade representativa no Estado. Além disso, o objetivo é tornar a entidade mais democrática e acessível”, completa.

 

Referência na área de tecnologia

 

Uma das novas diretrizes que guiam os passos da nova Sociedade Rural é a transformação da Expocop em uma referência na área de tecnologia, servindo como uma atraente vitrine de tecnologias voltadas para o produtor da região.

Exemplos disso na prática foram a realização, durante a 13ª edição da feira, do 1º Fórum de Tecnogenética e do 1º Show Tecnológico Rural do Norte do Paraná.

O fórum levou para a Expocop 2010 uma produtiva discussão sobre uma tendência que cada vez mais ganha espaço: o mapeamento do DNA dos animais para melhora de produção.

Entre os tópicos do encontro que reuniu especialistas reconhecidos mundialmente estiveram a otimização da produção e o aumento da rentabilidade do rebanho e do ambiente sustentável proporcionada pelo melhoramento genético.

“A proposta do show tecnológico foi cumprida. Ou seja, a Expocop mostrou a tecnologia como um todo. Foram mostradas novidades em máquinas e equipamentos e também como o agricultor pode obter sucesso e lucro com um trabalho diferenciado baseado nas novidades tecnológicas”, comenta José Roberto Höffig Ramos.

 

Novo site

 

Além das novidades da Expocop 2010, outro exemplo da nova configuração da SRRCP é o remodelado site da entidade. Com um novo endereço (www.ruralcp.com.br), o portal está mais completo e oferece maior interação.

O novo site traz um pouco da história da sociedade rural, links para contato com a diretoria, agenda, notícias diversas sobre a entidade e informações sobre o mercado.

Outra vantagem do site é a possibilidade dos interessados se associarem à SRRCP de forma fácil e ágil. O associado também pode manifestar sua opinião e fazer críticas ou sugestões. O site traz ainda uma área restrita AOS associados.

Mais um exemplo dos novos tempos da SRRCP é a logomarca da sociedade, que passou por uma reformulação visando modernizar sua identidade visual e, ao mesmo tempo, mostrar que os horizontes da entidade não estão restritos apenas à agricultura e à pecuária.

“Nosso objetivo é uma SRRCP forte e integrada com a indústria, comércio, esporte, educação, pesquisa e com todas os segmentos da sociedade da região de Cornélio Procópio e das cidades do Norte do Paraná”, finaliza Höffig Ramos.

Assessoria de Imprensa.