SRRCP projeta crescimento para Expocop 2011

Os ótimos resultados da 13ª. Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial da Região de Cornélio Procópio – Expocop 2010 animou a diretoria da Sociedade Rural da Região de Cornélio Procópio (SRRCP) a começar a planejar, desde já, a feira de 2011. A 14ª. edição da Expocop deve ter mais eventos técnicos com a ampliação do Show Tecnológico Rural Norte do Paraná e Fórum de Tecnogenética, além de mais shows de peso, com artistas de renome na música brasileira, e a manutenção do rodeio com uma companhia profissional.

Para o presidente da SRRCP, José Roberto Höfig Ramos, a Expocop 2010 sinalizou o futuro das próximas exposições. “A Expocop vai se tornar, a partir de agora, uma difusora de tecnologias. Queremos tornar a feira um marco do conhecimento para o produtor. Vamos trazer todas as novidades da área agrícola e pecuária e também realizar pesquisas”, afirmou.

Segundo Höfig Ramos, de modo geral, a feira deste ano foi muito produtiva. “Por ser a primeira vez que organizamos um evento deste porte, acredito que acertamos mais do que erramos e tivemos um bom retorno, tanto de público como na satisfação geral dos expositores, com bons negócios para todos. A Expocop 2011 vai ser ainda melhor”, prometeu.

A organização profissional da feira, os shows de peso e um rodeio de nível nacional que encantou o público foram apontados pelos visitantes como os motivos de sucesso da Expocop 2010, que superou todas as expectativas da organização em termos de público e vendas de animais e maquinaria. Os sete dias de feira, realizados de 1 a 7 de setembro no Parque de Exposições Arthur Höffig, em Cornélio Procópio, no Norte do Paraná, reuniu um público de mais de 40 mil pessoas.

A expectativa inicial da Sociedade Rural da Região de Cornélio Procópio (SRRCP), a organizadora do evento, era de um público de 50 mil pessoas em todo o período, porém o frio e mau tempo dos dois últimos dias afastaram a participação popular. Mesmo assim, a feira conseguiu recuperar grande parte do público que deixou de participar do evento nos dois últimos anos. “Isso para nós foi uma vitória”, disse o presidente da SRRCP.

O sucesso da feira pode ser medida pela comercialização total, que somou cerca de R$ 7 milhões, entre leilões, maquinários agrícolas e veículos vendidos durante a feira. A expectativa inicial da diretoria era de uma comercialização geral em torno dos R$3 milhões – incluindo leilões.  Durante a feira, os setores de maquinário e automóveis fecharam cerca de R$ 5 milhões em negócios, com a perspectiva de outros R$4 milhões em vendas no pós-feira.

O setor de leilões arrecadou sozinho R$1,982 milhões, 30% a mais que a previsão inicial de R$1,5 milhão, e cerca de 60% maior que a comercialização do ano passado. Segundo o diretor de Pecuária da SRRCP, Fábio Mauro Segabinazzi Júnior, os leilões foram um sucesso completo. “A liquidez dos leilões foi total, com médias muito acima do que esperávamos”, disse. Segundo ele, a qualidade excepcional do gado – selecionado para ir à pista pelo Núcleo de Veterinários da Região de Cornélio Procópio – foi uma das grandes responsáveis pelo sucesso.  “Os leilões foram ágeis, rápidos, com boa disputa mas dentro da realidade. A repercussão deles também está excelente”, afirmou.

Os pequenos expositores também ficaram satisfeitos. João Carlos Sciorra, que vende cocada e produtos derivados de coco, disse que ficou muito contente com o resultado. “Este ano vendi mais de R$ 7 mil reais. Ano que vem estaremos aqui, com certeza”, afirmou. Marcos Antônio Mingarelli, dono de uma barraca de lanches, não quis falar em valores mas disse que vendeu pelo menos 20% a mais que a edição anterior da Expocop. “Eu venho desde a primeira edição. E este ano foi uma das melhores”, afirmou.

Doação -  Com a doação de uma área de três alqueires anexos ao Parque Arthur Höffig, formalizada pelo Município durante o evento, a ideia do presidente é ampliar o Show Tecnológico e o Fórum de Tecnogenética. A área vai servir para que a SRRCP realize atividades de extensão, desenvolvimento e pesquisa agrícola, durante o ano todo, e os resultados serão mostrados  na próxima edição da feira.  “Com esta área, temos certeza que poderemos atingir nossos objetivos que é o de estar mais próximo do produtor rural”, disse Höfig Ramos.

Segundo ele, o espaço será usado para transferência de tecnologias, num projeto que já conta com as parcerias da Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento (SEAB), Emater, Iapar,  Associação dos Engenheiros Agrônomos de Cornélio Procópio, GeraEmbryo e Núcleo de Veterinários de Cornélio Procópio. “Isto é importante porque acredito que nenhum setor da economia da região não esteja ligado direta ou indiretamente ao agronegócio”, afirmou.

Em sua visita à feira, o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Erikson Chandoha, participou das palestras do Show Tecnológico Rural Norte do Paraná e elogiou o trabalho desenvolvido pelo núcleo regional da SEAB no Espaço Rural, dentro do Parque de Exposições, que expõe alternativas de cultivo para propriedades rurais, como fruticultura – cítricos e banana, principalmente; piscicultura, ovino e caprinocultura, entre outras opções como o programa Café 100. “Cornélio Procópio e região é uma terra rica, que produz muito e bem. E a Expocop é um reflexo disto”, afirmou.

Segundo o secretário, a intenção da diretoria da SRRCP de transformar o parque de exposições em um laboratório de tecnologias terá todo o apoio da SEAB. “A ampliação da difusão terá a parceria da Seab e Emater de forma bastante efetiva, principalmente porque agora o Município também está envolvido, com a doação da área para a ampliação do Show Tecnológico”, afirmou.

Já  primeira edição do Fórum de Tecnogenética, realizado no sábado, dia 4, foi um grande sucesso. Cerca de 250 pessoas – a maioria estudantes - participaram do evento, que reuniu quatro dos maiores especialistas da pesquisa pecuária brasileira. Segundo Höfig Ramos, o fórum será ampliado já a partir de 2011. “Um dia só é pouco para demonstrar tudo o que está sendo desenvolvido no país e até no exterior. Por isso, nos próximos anos, este evento vai crescer em dias e conteúdo”, garantiu.

Assessoria de Imprensa